Um Diálogo entre o Curta-metragem "Abuela Grillo" e as Questões Ambientais, Éticas, Políticas, Sociais e Culturais

Camila Oliveira Lourenço

Resumo


O objetivo do trabalho é identificar o diálogo do curta-metragem “Abuela Grillo” com as questões ambientais, éticas, políticas, sociais e culturais. O curta foi produzido na Dinamarca por oito animadores bolivianos, lançado no ano de 2009, sob direção de Denis Chapon. Ele é baseado em uma lenda indígena, contada milenarmente pelo povo Ayoreo da Bolívia. Dessa forma, o trabalho se justifica por permitir a divulgação de aspectos que permeiam as questões ambientais e sua relação com a sociedade por meio desse curta. Para a análise dessa linguagem cinematográfica nos debruçamos sobre a metodologia de pesquisa qualitativa (GODOY, 1995), a análise de conteúdo (OLIVEIRA, 2008) e a categorização dos conteúdos (MINAYO, 2009) contidos no curta. Após esse processo de análise foi possível destacar quatro categorias: “Valorização da cultura indígena”, “Recurso natural”, “Economia” e “Luta popular”. A partir da análise realizada foi possível identificar que o curta dialoga com as questões ambientais, éticas, políticas, sociais e culturais. Neste sentido, foi possível identificar a importância da valorização da cultura indígena, pois por meio de seu reconhecimento podemos visualizar uma nova forma de experiência com o mundo. Além disso, percebeu-se que a população indígena passa por uma problemática social que é fruto da mercantilização de um recurso natural. Assim, é necessário considerar as questões sociais, culturais, políticas e éticas que permeiam o ambiente para que o indivíduo possa se reconhecer como parte fundamental na composição do ambiente em que está inserido.


Palavras-chave


Cinema; Cultura Indígena; Recurso Natural; Sistema Econômico; Luta Popular

Texto completo:

PDF


Indexadores: