A Divulgação Científica como (Des)orientação de Pesquisas em Linguística Aplicada

Daniel dos Santos

Resumo


Por meio de epistemologias às quais a Linguística Aplicada no Brasil está afiliada, acredito ser essencial discutir o compromisso ético do pesquisador ao engajar-se em estratégias de divulgação que possibilitem à área e aos programas de pós-graduação a responsabilidade de repensar o fazer científico. Desta maneira, apresento dados do meu projeto de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (Unicamp), no qual investigo um grupo aberto no Facebook, composto por professores e profissionais da área de Português Língua Estrangeira. O objeto de análise da proposta aqui apresentada é um blog, nomeado “Entre redes e percursos”, no qual busco divulgar dados gerados durante a realização da pesquisa. Da mesma forma, pretendo, com tal instrumento, pautar discussões sobre considerar a educação com base na pluralidade (PRETTO, 2010) e, principalmente, espaços de (des)aprendizagens (FABRÍCIO, 2006). Por fim, dado que minha pesquisa focaliza construções identitárias na formação de professores, procuro estimular ações de mobilização para a criação/desenvolvimento de zonas de contato entre professores, que prefigurem discussões crítico-reflexivas para além dos repositórios acadêmicos.

Palavras-chave


Linguística Aplicada; divulgação científica; formação de professores; Português Língua Estrangeira

Texto completo:

PDF


Indexadores: