Labirinto do consumo: comunicação da alimentação saudável na Empírika 2012

Luciana Sales Purcino

Resumo


O sobrepeso e a obesidade entre adolescentes tem se intensificado no Brasil e tem forte relação com o hábito alimentar inadequado observado neste grupo, de modo que, promover a mudança do hábito alimentar do adolescente através de ações de educação alimentar e nutricional é a base para combater este importante problema de saúde pública. Entre as ações de educação alimentar e nutricional destacamos neste artigo ações de educação não-formal que ocorrem em geral em museus, feiras e centros de ciência através de atividades lúdicas e interativas e que possuem grande potencial para atrair o adolescente e facilitar o aprendizado. Apresentamos o relato da experiência de expor a atividade intitulada Labirinto do Consumo na Feira Ibero-americana da Ciência, Tecnologia e Inovação (Empírika) de 2012. O Labirinto do Consumo, o qual consistiu em uma instalação orientada para simulação de escolhas de alimentos pelos participantes, foi idealizado pela Embrapa Agroindústria de Alimentos no contexto do Projeto Além do Rótulo e foi planejada e executada pelo Labjor-Unicamp. Durante sua exposição na feira foi possível constatar sua eficiência no sentido de atrair o público adolescente, provocar interatividade e promover reflexão sobre escolhas alimentares, além disso, verificou-se o potencial do formato servir de base para pesquisas sobre hábito alimentar e sobre percepção pública da nutrição. Em conclusão, a experiência permitiu validar o formato da atividade para realização de educação não-formal e para coleta de dados para pesquisas sobre alimentação.


Texto completo:

PDF


Indexadores: