Uma leitura de divulgação científica sobre ressonância magnética no Ensino Médio

André Coelho da Silva, Maria José Pereira Monteiro de Almeida

Resumo


Embora fundamental para a produção do conhecimento físico, a linguagem matemática costuma ser apontada como uma das principais dificuldades encontradas pelos estudantes no estudo da física, o qual muitas vezes é baseado quase que exclusivamente na resolução de exercícios quantitativos. Dessa forma, buscando maneiras de propiciar a participação de uma maior parcela de estudantes por meio de abordagens que não valorizem em demasia o importante formalismo matemático inerente à física, este trabalho investiga a utilização de textos de divulgação científica enquanto estratégia de ensino. Para isso, desenvolvemos com alunos de três turmas do segundo ano do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Campinas uma atividade de leitura de divulgação científica sobre ressonância magnética. Apoiados em noções apresentadas por Eni Orlandi no escopo da Análise de Discurso em sua vertente iniciada na França por Michel Pêcheux, objetivamos compreender o funcionamento dessa leitura de divulgação científica no que diz respeito à produção de sentidos por parte dos estudantes. A escolha do tema para leitura foi pautada no interesse de crianças e adolescentes no que diz respeito a elementos da tecnologia e nos resultados de sondagens realizadas junto a estudantes do Ensino Médio, os quais apontaram interesse em compreender o funcionamento do aparelho de ressonância magnética. As análises das respostas dadas a um questionário indicaram, entre outras coisas, que os estudantes tiveram muitas dificuldades na leitura do texto e que houve predomínio de repetições empíricas (cópias do texto) em suas respostas. Consideramos que essas constatações apontam, sobretudo, para a necessidade de selecionar textos mais simples para serem trabalhados em sala de aula (o que nem sempre é possível), para a importância da mediação do professor e para a urgência em se trabalhar a leitura de temas relacionados à ciência na escola.


Texto completo:

PDF


Indexadores: