CInAPCe, rádio nômade, comunica-brincadeira: Uma metodologia de comunicação científica em Neurociências para alunos do ensino básico

Juliano Luis Pereira Sanches

Resumo


A proposta foi possibilitar a formulação de conjecturas sobre as neurociências a partir de leituras sonoras de “CInAPCe, rádio nômade, comunica-brincadeira: Uma metodologia de comunicação científica em Neurociências para alunos do ensino básico”. Um artefato sonoro foi construído em duas edições, com atenção à imersão nas neurociências. O artefato foi disponibilizado entre grupos de alunos e professores do Ensino Fundamental, vinculados à escola pública da SME (Secretaria Municipal de Educação), EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental), Francisco Ponzio Sobrinho, Santa Odila, Campinas/São Paulo. A iniciativa buscou permitir a aproximação escolar com alguns dos diálogos atuais sobre as neurociências, tais como nos casos de epilepsia e AVC (AcidenteVascular Cerebral). O objetivo geral foi verificar, numa perspectiva analítica, como um artefato sonoro poderia ser inserido em uma experiência comunicativa com uma escola pública do Ensino Fundamental de Campinas. Os objetivos específicos foram verificar como a Rádio CInAPCe poderia ser usada como um instrumento de contato com uma visão transversal de apropriação do conhecimento; estudar os sentidos gerados, através do contato de alunos e professores com uma experiência comunicativa em neurociência. O projeto permitiu o debate entre alunos do Ensino Fundamental na faixa etária de 10 anos de idade (5° ano ou quarta série).

Texto completo:

PDF


Indexadores: