COM UMA OU DUAS? COM DUAS OU UMA? A ALTERNÂNCIA NO NÚMERO DE MÃOS NA PRODUÇÃO DE SINAIS DA LIBRAS COMO FENÔMENO COARTICULATÓRIO

André Nogueira Xavier

Resumo


Este trabalho objetiva descrever um experimento-piloto desenvolvido com vistas a testar duas hipóteses acerca da variação no número de mãos na produção de alguns sinais da libras (língua brasileira de sinais), a saber: (1) a realização de alguns sinais com uma ou duas mãos resulta da influência do contexto fonético-fonológico? e (2) o aumento na taxa de elocução favorece uma maior influência do contexto fonético-fonológico em que o sinal se encontra? O experimento foi realizado com dois sujeitos surdos, um homem e uma mulher, e os resultados obtidos revelaram que o contexto fonético-fonológico e a taxa de elocução parecem explicar a variação no número de mãos apenas nas produções de um deles e em relação a um dos sinais investigados.

Texto completo:

PDF