A FUSÃO DE GÊNEROS LITERÁRIOS NA COLUNA “DIÁLOGOS” (1895-1899) DE FIGUEIREDO COIMBRA (1866-1899)

Marcela FERREIRA

Resumo


RESUMO: Este trabalho tem como objetivo analisar a coluna “Diálogos” de Figueiredo Coimbra (1866-1899), que foi publicada de 1895 a 1899 no periódico A Notícia do Rio de Janeiro. Pretende-se estudar a proposta criativa desenvolvida na coluna e, assim, promover um conhecimento da crônica brasileira em suas diferentes formas estéticas. Os “Diálogos” reuniam humor e dramaticidade, realizando uma representação literária do cotidiano dos cariocas do final do século XIX. O autor que, além de cronista, era teatrólogo, combinava em seus escritos as características da crônica e das revistas de ano, estabelecendo uma ligação entre essas duas formas. Nos “Diálogos”, as personagens eram aglomeradas em uma cena dramática, a qual se passava nas diversas ruas do Rio de Janeiro, nas casas de família, nos salões de festas, nos jornais, nos teatros e em diversos lugares comuns às pessoas daquela época; essas davam seus conselhos, proferiam suas opiniões e criticavam atitudes dos familiares, dos amigos e do governo.

RESUMEN: Este artículo objetiva analizar la columna “Diálogos” de Figueiredo Coimbra (1866-1899), que tuvo su publicación de 1895 a 1899 en el periódico A Notícia del Rio de Janeiro. Nuestro propósito es investigar su ingeniosa crónica en las distintas formas estéticas presentadas durante el período. La columna reunía humor y dramatización, haciendo hincapié en una representación literaria del cotidiano de los “cariocas” del siglo XIX de manera a observarse una combinación de características de la crónica y del teatro de revista.

Palavras-chave


HIstória e Historiografia Literária; Literatura Brasileira; Figueiredo Coimbra

Texto completo:

PDF