Los detectives salvajes e a transtextualidade

Bruna Tella Guerra

Resumo


Uma das características básicas da Literatura é a transtextualidade, que foi definida pelo crítico literário Gerard Genette como as possíveis transcendências textuais de um texto. Para ele, tais links seriam, inclusive, os responsáveis pela poética de um texto. Entretanto, as obras de Roberto Bolaño apresentam uma hiperbólica rede de relações, às quais atribuímos ao seu projeto estético. Além disso, a transtextualidade como estética pode ser explorada, para esse autor, através de um âmbito detetivesco, que além de recorrente parece ser uma metáfora da eterna busca por uma verdade na Literatura e por um sentido geral de todos os seus trabalhos.

Texto completo:

PDF