v. 30, n. 2 (2010)

Por que escreve?

Sumário

Apresentação

Apresentação PDF
Marcos Lopes

Depoimentos de escritores

Por que escreve? PDF
Alcides Villaca
Por que escrevo? PDF
Angela Melin
Por que escreve? PDF
Antonio Cicero
Da incompetência PDF
Armando Freitas Filho
Fragmentos de uma não-poética PDF
Carlos Felipe Moisés
Só mesmo um personagem: PDF
Francisco Alvim
Por que escreve? PDF
Heitor Ferraz
“Por que escreve?” PDF
Marcos Siscar
Mais um no oceano PDF
Paula Glenadel
Por que escrevo PDF
Paulo Henriques Brito

Artigos

La mathématique chez Georges Perec et chez Jorge Luis Borges: une étude comparative PDF
Jacques Fux
Em câmara lenta: representações do trauma no romance de Renato Tapajós PDF
Markus Lasch
Monteiro Lobato e Isaac Goldberg : a América Latina na América do Norte PDF
Marisa Lajolo
O encontro entre desiguais como dispositivo narrativo em Guimarães Rosa: “Corpo Fechado” PDF
Paulo Moreira
Fronteiras da literatura brasileira contemporânea: mistura de gêneros em Batismo de Sangue de Frei Betto PDF
Rogério Silva Pereira

Resenhas

BUENO, Luis. Uma história do romance de 30. São Paulo: UNESP, 2006. e JOHNSON, Randal. “Rereading Brazilian Modernism”, Texas Papers on Latin América, número 89-04, Institute of Latin American Studies, University of Texas. Austin, 1989. PDF
Paulo Moreira
PEIXOTO, José Luís. Cemitério de pianos. Rio de Janeiro: Record, 2008 PDF
Luis Fernando Telles
DURÃO, Fabio Akcelrud. Teoria (literária) americana: uma introdução crítica. Campinas: Autores Associados, 2011 PDF
Laura Brandini
MAZZARI, Marcus Vinicius. Labirintos da aprendizagem. São Paulo: Editora 34, 2010. PDF
Fabio Durão


ISSN: 0103-183X