A crônica machadiana: problemas de interpretação, temas de pesquisa

Sidney Chalhoub

Resumo


A crônica machadiana dos anos 1880 apresenta dois aspectos estruturais mais salientes. Primeiro, tais crônicas fazem uso amplo e variado do repertório satírico, em verso e prosa, das lutas políticas entre periodistas liberais e conservadores ao longo do Segundo Reinado, tornando bastante produtiva a leitura desses textos em interlocução com outros textos políticos de sua época, em especial os publicados nos próprios jornais. Segundo, o humor nesses textos se assenta no procedimento de exacerbar a subjetividade do narrador ou autor putativo deles que, ao mesmo tempo, se arroga imparcialidade e ocupa todo o campo de observação com seus julgamentos precipitados, muita vez absurdos.


Texto completo:

PDF