Contribuição à reapreciação crítica da Eneida de Odorico Mendes

Paulo S. Vasconcellos

Resumo


Sem resumo

Palavras-chave


Odorico Mendes. Língua clássica. Poesia. Eneida.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRETO, João Franco. Eneida portuguesa. Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1981.

CAMPOS, Haroldo de. "Da Tradução como Criação e como Crítica" in Metalinguagem, São Paulo, Cultrix, 1976.

CANDIDO, Antonio. Formação da literatura brasileira. São Paulo, Itatiaia-Edusp, 1975, v. I.

CARO, Annibal. Publio Virgilio Marone. Eneide. Novara, Club del Libro, 1968.

ELÍSIO, Filinto. Poesias.Selecção, prefácio e notas do prof. José Pereira Tavares. Lisboa, Livraria Sá da Costa, 1941.

MARTINS, Wilson. História da inteligência brasileira.São Paulo, Cultrix, 1977, vol. III.

MENDES, Odorico. Eneida brazileira ou traducção poetica da epopéa de Publio Virgilio Maro. Paris, Na typographia de Rignoux, 1854.

MENDES, Odorico. Virgilio brazileiro ou traducção do poeta latino por Manuel Odorico Mendes. Paris, Na typographia de W Remquet et ca., 1858.

RODRIGUES, Antônio Medina. Introdução a Odorico Mendes: poética da Eneida Brasileira. São Paulo, FFLCH da USP, 1977 (dissertação de mestrado inédita).

RODRIGUES, Antônio Medina. Odorico Mendes: Tradução da épica de Virgílio e Homero. São Paulo, FFLCH da USP, 1980 (tese de doutorado inédita).

ROMERO, Sílvio. História da literatura brasileira. 4a.ed., Rio de Janeiro, José Olympio, 1949, tomo III.

SILVA, Innocencio Francisco da. Diccionario bibliographico portuguez. Lisboa, Imprensa Nacional, 1862, tomo VI.

THILO, Georg & HAGEN, Hermann. Servii grammatici qui feruntur in Vergilii carmina commentarii. Hildesheim, Georg Olms, 1986, vol. I.

VIRGILE. Énéide. Texte établi et traduit par Jacques Perret. Troisieme tirage. Paris, Les Belles Lettres, 1992, tome I; 1989, tome II e III.

WILLIS, J. Repetition in Latin poetry. Figures of allusion. Oxford, Clarendon Press, 1996.