Comédia Latina: a tradução como reescrita do gênero

Rodrigo Tadeu Gonçalves

Resumo


sem resumo

Palavras-chave


Comédia Latina. Odisséia.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, William S. Barbarian Play: Plautus' Roman Comedy. Toronto: University of Toronto Press, 1993.

ARISTÓTELES; HORÁCIO; LONGINO. A poética Clássica. Trad. de Jaime Bruna. São Paulo: Cultrix, 1997.

BAKHTIN, Mikhail (V. N. Volochínov). Marxismo e Filosofia da Linguagem. Problemas fundamentais do Método Sociológico na Ciência da Linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 11ª ed. São Paulo: Hucitec, 2004.

BAKHTIN, Mikhail (V. N. Volochínov). A Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento. O contexto de François Rabelais. Trad. Yara Frateschi. 4ª ed. São Paulo-Brasília: Hucitec, 1999.

BAKHTIN, Mikhail (V. N. Volochínov). Estética da Criação Verbal. Trad. do francês: Maria Ermantina Galvão G. Pereira. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

BAKHTIN, Mikhail (V. N. Volochínov). Problemas da poética de Dostoievski. Trad. Paulo Bezerra. Rio de Janeiro: Ed. Forense-Universitária, 1981.

BAKHTIN, Mikhail (V. N. Volochínov). Questões de literatura e estética. A teoria do romance. Trad. Aurora Fornoni Bernadini, José Pereira Júnior, Augusto Góes Júnior, Helena Spryndis Nazário e Homero Freitas de Andrade. 3ª ed. São Paulo: Hucitec, 1993.

BARSBY, John (ed.) Plautus, Bacchides, Warminster, Aris&Phillips, 1986.

BARSBY, John (ed.) “Problems of adaptation in the Eunuchus of Terence”. in: SEGAL, Erich (ed.) Oxford Readings in Menander, Plautus and Terence. Oxford: University Press, 2001.

BEARE, William. The Roman Stage: a short history of Latin drama in the time of the republic. London: Methuen & Co. Ltd., 1964.

CAMPOS, Haroldo de. Metalinguagem e Outras Metas. São Paulo: Cultrix, 1992a.

CAMPOS, Haroldo de. “Odorico Mendes: Patriarca da Transcriação”. In Homero Odisséia. São Paulo: Edusp /Ars Poética, 1992b, pp. 11-18.

CARDOSO, Isabella Tardin. Estico de Plauto. Edição Bilingüe. Campinas: Editora da Unicamp, 2006.

CARDOSO, Isabella Tardin. “Ilusão e engano em Plauto”, in: Cardoso, Z. A.; Duarte,

A. S. (orgs). Estudos sobre o teatro antigo. São Paulo: Alameda, 2010,

p.95-126.

CASSIN, Barbara. O efeito sofístico: Sofística, filosofia, retórica, literatura. Tradução: Ana Lúcia de Oliveira, Maria Cristina Franco Ferraz e Paulo Pinheiro. São Paulo: Editora 34.

CONTE, Gian Biagio. The Rhetoric of Imitation. Ithaca: Cornell University Press, 1996.

CONTE, Gian Biagio. Latin Literature. A History. Translated by Joseph Solodow. Baltimore and London: The John Hopkins University Press, 1999.

CORREIA, Damares Barbosa. O Mercador de Plauto: Estudo e Tradução. Dissertação de Metrado. São Paulo: FFLCH, USP, 2007. Disponível em http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8143/tde-14052008-150613/

DUCKWORTH, George E. The Nature of Roman Comedy. A Study in Popular Entertainment. New Jarsey: Princeton University Press, 1971.

EURÍPEDES e ARISTÓFANES, Teatro Grego. Um Drama Satírico: O Ciclope. e Duas Comédias: As Rãs e as Vespas. Tradução de Junito de Souza Brandão. Rio de Janeiro: Editora Espaço e Tempo, 1986.

FLEMING, Rudd. “Of contrast between tragedy and comedy”. The Journal of Philosophy. Vol. 36, No. 20, 1939. pp. 543-553.

FUJIHARA, Álvaro Kasuaki. Aspectos tradutórios em Terêncio. Monografia de conclusão de curso. UFPR, 2006, inédita.

GONÇALVES, Rodrigo Tadeu. Perpétua prisão órfica ou Ênio tinha três corações: o relativismo lingüístico e o aspecto criativo da linguagem. Tese de doutorado, UFPR, 2008.

GONÇALVES, Rodrigo Tadeu. "Linguagem, sofística e tradução: a atividade performativa e constitutiva da tradução na literatura latina dos séculos III e II a.C." In: Silvia S. Calosso. (Org.). XXI Simposio Nacional de Estudios Clásicos - Asociación Argentina de Estudios Clásicos - Universidad Nacional del Litoral. 1 ed. Santa Fe - Argentina: CMED, 2010.

HANDLEY, Eric W. Menander and Plautus – a Study in Comparison. London: HK Lewis, 1958.

HARRISON, Stephen. A companion to Latin Literature. Malden, MA: Blackwell Publishing, 2007.HUNTER, R. L. The New Comedy of Greece and Rome. Cambridge: University Press, 1985. Blackwell Companions to the Ancient World.

KNOX, Bernard. “Euripidean Comedy”. In: SEGAL, Erich (ed.) Oxford Readings in Menander, Plautus and Terence. Oxford: University Press, 2001.

LEFEVERE, André. Tradução, reescrita e manipulação da fama literária. Trad. Claudia Matos Seligmann. Bauru: Edusc, 2007.

LEIGH, M. Comedy and the Rise of Rome. Oxford: University Press, 2004.

LUDWIG, Walther. “The Originality of Terence and His Greek Models”. In: SEGAL, Erich (ed.) Oxford Readings in Menander, Plautus and Terence. Oxford: University Press, 2001.

MARSHALL, C. W. The Stagecraft and Performance of Roman Comedy. Cambridge: University Press, 2006.

MENANDER. The Plays and Fragments. Oxford’s World Classics. Trad. Maurice Balme. Oxford: University Press: 2001.

MENANDRO. Obra Completa. Introdução, tradução do grego e notas de Maria de Fátima Sousa e Silva. Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2007.

PANAYOTAKIS, Costas. “Comedy, Atellane Farce and Mime”. In: HARRISON, Stephen. A companion to Latin Literature. Blackwell Companions to the Ancient World. Malden, MA: Blackwell Publishing, 2007.

PEREIRA, Maria Helena da Rocha., Estudos de História da Cultura Clássica II. Cultura Romana. 3.ª ed., Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2002.

PLAUTO e TERÊNCIO. A Comédia Latina (Anfitrião, Aulularia, Os Cativos, O Gorgulho, Os Adelfos, O Eunuco). Tradução de Agostinho da Silva. Rio de Janeiro: Ediouro.

PLAUTO. As Bacanas. Tradução de Newton Belleza. Rio de Janeiro: Emembê, 1976.

PLAUTUS, T. Maccius. Bacchides (Plauti Comoediae. Vol. 1, ed. F. Leo, 1895), edição do software Diógenes.

PLAUTUS. With an English translation by Paul Nixon. The Loeb Classical Library. Harvard: University Press, 1916.

PLAVTVS. Bacchides. Nota introdutiva e testo critico di Cesare Questa. Firenze: Sansoni Editori: Firenze, 1975.

RODRIGUES, Cristina Carneiro. Tradução e diferença. São Paulo: Editora da Unesp, 2000.

SCHLEIERMACHER, Friedriech. “Sobre os Diferentes Métodos de Tradução” [1813]. Tradução de Margarete von Mühlen Poll. In: HEIDERMANN, Werner (Org.). Antologia Bilíngüe. Clássicos da Teoria da Tradução. Volume I: Alemão-Português. Florianópolis: UFSC, Núcleo de Tradução, 2001.

SEGAL, Erich (ed.) Oxford Readings in Menander, Plautus and Terence. Oxford: University Press, 2001.

SEGAL, Erich (ed.) Roman Laughter – The Comedy of Plautus. Oxford: University Press, 1987.

SYED, Yasmin. “Romans and Others”. In: HARRISON, Stephen. A companion to Latin Literature. Malden, MA: Blackwell Publishing, 2007, Blackwell Companions to the Ancient World.

TERENCIO. Comedias. Andria, El Verdugo de sí mismo, El eunuco, Formion, La Hecyra, Los hermanos. Trad. Pedro A. Voltes Bou. Barcelona: Rafael Salva, 1953.

TERÊNCIO. Comédias: Andria, Eunuco, Heautontimorumenon, Adelfos. Tradução clássica portuguesa de Leonel da Costa Lusitano. São Paulo: Edições Cultura, 1945.

TRAINA, Alfonso. Vortit barbare. Le traduzioni poetiche da Livio Andronico a Cicerone. Seconda edizione riveduta e aggiornata. Roma: Edizioni dell'Ateneo, 1974.