“Era Maria vai com as outras;Maria de cozer, Maria de casar” : Um estudo enunciativo sobre a designação genérica produzida a partir de nomes próprios

Danusa Lopes Bertagnoli

Resumo


Este trabalho tem como objetivo apresentar parte do estudo que temos desenvolvido sobre algumas expressões do português brasileiro construídas a partir de nomes próprios considerados corriqueiros, como Maria e José (Zé), para se referir a determinados “tipos de pessoas” ou comportamentos sociais. Nossa análise foi feita a partir de dois procedimentos. Inicialmente apresentaremos a descrição morfossintática dessas expressões, e em seguida, sua análise semântico-enunciativa, a partir dos processos de reescrituração e do Domínio Semântico de Determinação (DSD), tal como propostos por Guimarães (2007). Apresentaremos a análise de apenas duas, das dez expressões por nós recortadas, uma com o nome feminino Maria e a outra com o nome masculino Zé (José), a saber, maria gasolina e zé ninguém.

Texto completo:

PDF