O "Ensaio Sobre a Cegueira" e a teologia negativa: a negação de (a)Theos

Marcella Abboud

Resumo


O presente trabalho corresponde ao início de uma análise do romance Ensaio Sobre a Cegueira de José Saramago e tem por objetivo problematizar as metáforas e os símbolos do romance em seus aspectos teologicamente subversivos. Como a negação de Deus é explícita em Saramago, é praticamente inevitável recorrer à teologia negativa, pois ao trabalhar essas imagens de forma quase íntima, caracterizando e ironizando as metáforas que indicam a presença divina, o que Saramago parece fazer é começar um processo, por meio da literatura, de negação da teologia negativa. Sendo assim, a negação da negação (visto que a teologia negativa propõe o silêncio, para designar a Deus, e não a afirmação d’Ele, nem a sua negação) revela que em certa medida Saramago trabalha com um paradoxo fundamental em seu romance.

Texto completo:

PDF