Inovações lexicais na fala da criança: a contribuição das ideias saussureanas para sua análise.

Camila Rossetti Vieira

Resumo


A criação de palavras novas, que não estão presentes na fala dos adultos, é um fenômeno registrado, predominantemente, entre 3 e 5 anos de idade na fala de muitas crianças. Ítens tais como pinteiro para pintor (cf. Figueira (1995) revestem-se de interesse para a área Aquisição de Linguagem e levam os investigadores a indagar: - por que as crianças criam palavras novas? - como o fazem? Na presente pesquisa projetamos em primeiro lugar reunir um conjunto de dados, recolhido das seguintes fontes bibliográficas: Figueira 1995, 1996, 1999 e Santos 1997 . Nosso objetivo é verificar qual a contribuição de Saussure (Curso de Linguística Geral), ao tratamento deste tema, procurando ao mesmo tempo avaliar o que tais ocorrências revelam da posição do sujeito em relação à língua. Neste contexto, o interacionismo se apresenta como o horizonte teórico da pesquisa.

Texto completo:

PDF