Onde estão os Linguistas na Divulgação Científica Brasileira?

Thiago Oliveira da Motta Sampaio

Resumo


O que é a Linguística? Podemos dizer que esta é a ciência da linguagem, que possui o seu núcleo na pesquisa da estrutura fonológica, sintática e semântica da comunicação humana (linguagem), mas que também realiza suas interfaces com diferentes disciplinas como, por exemplo, a Sociologia (Sociolinguística), a História (Linguística Histórica), o Direito (Linguística Forense), a Psicologia (Psicolinguística), a Biologia (Biolinguística), a Neurociência (Neurolinguística) e a Computação (Linguística Computacional). Cada uma dessas subáreas tem seu próprio programa de desenvolvimento tecnológico e científico. Por outro lado, a resposta a essas perguntas são diversas a depender de quem são as pessoas questionadas. Através de um relato de experiência, busco revisar as principais reações do público desconhece a área e as medidas tomadas por linguistas para aproximar sua área desse público. Desse modo, o presente artigo tem o objetivo de estabelecer um rápido mapa das principais ações realizadas por linguistas e não linguistas na divulgação científica brasileira. Para isso, uso como base a definição de divulgação científica de Soares (2013) com ligeiras modificações para listar as principais ações de divulgação da linguística brasileira nos últimos dois anos, dentre eles, participações em festivais de divulgação, criação de revistas voltadas para o público não linguista, criação de conteúdo para blogs, podcasts e youtube.


Palavras-chave


linguística, divulgação científica, youtube, blogs, podcasts

Texto completo:

PDF


Indexadores: