As potências do prosear com o público de museu de ciências

Luiz Paulo Costa e Silva, Daniela Franco Carvalho

Resumo


Este artigo apresenta o resultado parcial de uma investigação de mestrado que traz diálogos da literatura, relativa especificamente à pesquisa acadêmica na área de museus de ciência, envolvendo os desafios postos para estes no século XXI em sua relação com o público. Abordamos questionamentos sobre as pesquisas acadêmicas na perspectiva da interatividade em museus de ciências, promovendo provocações sobre a nova tendência de se pesquisar o público por meio do diálogo e de autonarrativas como importantes instrumentos de investigação, no intuito de revelar características desse relacionamento para além do que já está notório nas pesquisas acadêmicas.

Texto completo:

PDF


Indexadores: