Jornal do interior, objeto e fonte: o Diário de Notícias

Nayara Kobori

Resumo


No presente estudo, pretendemos articular o uso metodológico dos jornais impressos enquanto fontes para o conhecimento, assim como objetos de pesquisa nas investigações em comunicação. O objetivo é compreender como essa relação se dá na imprensa interiorana, que tem singularidades que a diferenciam dos veículos de comunicação das grandes metrópoles. A exploração do campo jornalístico parte das análises textuais das mensagens, encaradas como produtoras de significados e intencionalidades, que são parte do processo comunicativo, pensando a imprensa como representação de uma parcela social. Os órgãos de comunicação também são vistos como órgãos de poder, colaborando para afirmar a escolha da imprensa escrita como fonte de estudo das ciências humanas e sociais. O uso da imprensa escrita como fonte de pesquisa teve início no século XX, quebrando a antiga tradição positivista e propondo novos modelos científicos de investigação. A utilização dos impressos como fonte documental – neste caso, análise da imprensa escrita – enuncia discursos e expressões que levam em consideração as subjetividades e que também ressignificam abordagens políticas e culturais. O corpus deste trabalho é o periódico Diário de Notícias, de Ribeirão Preto, interior paulista, em 1960. O matutino era dirigido pela arquidiocese do município, tendo grande circulação na região. A escolha do recorte temporal deve-se às inúmeras discussões políticas do período, que contribuíram para enriquecer a pesquisa. Ao voltarmos nosso olhar para o interior do Brasil, é possível perceber novas culturas e especificidades que também são partes da identidade nacional. Assim, podemos vislumbrar as conjunturas dos comportamentos e as práticas sociais mediadas pelo jornalismo, e colaborar para o diálogo sobre novas perspectivas de estudos científicos na área da comunicação, bem como sobre o emprego da metodologia jornal como objeto e fonte na produção e difusão científica no campo comunicacional.

Texto completo:

PDF


Indexadores: